Voo Longo

O que levar em voos longos? Anote estas dicas para uma viagem mais confortável

Já falamos neste outro post sobre o que pode e o que não pode levar na bagagem para a Austrália, mas o que se pode levar para deixar o voo mais confortável?

Em média, uma viagem do Brasil para a terra do canguru varia de 18 até mais de 30 horas, dependendo da companhia aérea e das escalas escolhidas. Por ser uma viagem mais longa, alguns acessórios e dicas podem fazer a diferença para se ter um tempo mais agradável. Então, anota aí!

Travesseiro de pescoço: Muita gente aproveita a viagem longa para colocar o sono em dia e, para se ter bons sonhos, ele pode fazer a diferença. Geralmente, as companhias aéreas disponibilizam um travesseiro pequeno e um cobertor que quebram o galho, mas o de pescoço te deixa mais confortável e te ajuda a não invadir a poltrona vizinha.

Hidratante labial: O ar-condicionado da aeronave é bem forte, já que são dezenas de pessoas respirando o mesmo ar por muitas horas seguidas, e isso pode causar um ressecamento nos lábios. Um hidratante labial, como a manteiga de cacau, é algo bem pequeno, cabe em qualquer bolso e pode ser um grande alívio.

Colírio: Assim como os lábios, os olhos também sofrem com a exposição prolongada ao ar-condicionado. Então, ter um colírio por perto também pode gerar mais conforto durante o trajeto.

Máscara para dormir: Os comissários de bordo controlam as luzes do avião de acordo com o horário da viagem, deixando-as acesas durante o dia e as refeições e apagando-as durante à noite. Para poder dormir e descansar de acordo com a sua vontade, uma máscara para tampar os olhos pode quebrar o galho.

Kit de higiene bucal: Não se esqueça de deixar na bagagem de mão uma escova, pasta de dente, fio dental e um enxaguante bucal. Algumas farmácias e mercados vende mini kits especiais para se levar no avião, respeitando as restrições de líquidos em aeronaves, e que ajudam para se sentir mais confortável.

Fone de ouvido: As companhias aéreas, em sua maioria, disponibilizam fone de ouvido para que o passageiro possa usufruir do entretenimento a bordo, mas estes objetos não costumam ter uma boa qualidade. Então, se preferir, leve o seu próprio equipamento para aproveitar ainda as músicas, filmes e games, essenciais para lhe distrair e fazer a viagem passar mais rápido!

Se movimente: Durante voos muito longos, as pessoas são obrigadas a ficarem sentadas por horas e isso afeta a circulação sanguínea das pernas. Para evitar complicações, tente mexer os pés e tornozelos de tempos e tempos. É aconselhado também, a cada duas horas, levantar e caminhar pela aeronave.

Meias compressoras: Além dos exercícios citados acima, para quem já tem problemas circulatórios, é recomendado que utilize meias compressoras. Elas ajudam a prevenir inchaços, diminuem o risco de se desenvolver um quadro mais grave, ajudam a aliviar a dor e a sensação de peso nas pernas e contribuem para prevenir varizes.

Lanche: Diferentemente dos voos nacionais, em voos internacionais são servidas refeições e até lanches entre as mesmas. Para a Austrália, o passageiro costuma receber café da manhã, almoço e janta. Mas, como diz o ditado, é melhor se prevenir do que remediar. Então, coloque na mala de mão um lanchinho, como bolacha, nuts e salgadinho, por exemplo, para não passar sufoco caso demorem muito para servirem as refeições.

Entretenimento: Já falamos que, hoje em dia, as companhias aéreas costumam disponibilizar filmes, músicas e games para entreter os passageiros em telas individuais localizadas em cada poltrona. Mas, em viagens mais longas, é legal também ter algo próprio para de distrair, como um livro, um console portátil e até a velha, e infalível, cruzadinha!

Com todas estas dicas preciosas da Good Day Oz, a sua viagem para a Austrália será muito mais confortável e agradável! E se você tiver alguma outra sugestão, compartilhe com a gente!

Para realizar o seu intercâmbio com mais segurança, fale com a gente!

Noelle Marques

Noelle Marques - Journalist

Leave a Reply